Mercado de trabalho canadense

Mercado de trabalho canadense

O Brasil vem enfrentando um forte êxodo de talentos nos últimos anos. As tensões políticas, a corrupção e a falta de investimentos no país têm levado cada vez mais pessoas para o exterior. Um dos principais destinos, se não o mais concorrido é o Canadá, país cuja economia vem crescendo a olhos vistos graças aos imigrantes, que funcionam como instrumento de controle do mercado de trabalho.

A primeira opção para essas pessoas consideram o Canadá é a residência permanente. O sistema de imigração canadense é transparente e objetivo e isso facilita a compreensão das possibilidades de cada um. É claro, que nem todos têm condições imediatas para conseguir um convite federal ou provincial, mas ainda há outros dois caminhos para a execução do plano: estudar e/ou o trabalhar no Canadá. Você pode ler mais sobre esses temas nos links que deixei.

A pergunta que não quer calar é: o Canadá precisa mesmo de trabalhadores internacionais? Sim e não. A verdade é que o governo canadense tem interesse em reter trabalhadores dentro de determinado perfil (visite o link para entender melhor). Esse artigo tem o objetivo de explicar como funciona o mercado de trabalho canadense.

Controle sobre o mercado de trabalho canadense

O governo canadense exerce um controle bastante interessante e intenso sobre o seu mercado de trabalho, e nem poderia ser diferente, já que recebe mais de 400 mil imigrantes por ano. É importante que esses imigrantes, potencialmente, não “roubem” emprego de quem já vive no país.

Para conseguir isso, ele faz uso de algumas estratégias que englobam as empresas e instituições de ensino locais, avaliações do impacto da entrada de um estrangeiro sobre o mercado de trabalho local (LMIA) e cria programas de atração de recursos humanos para ocupações em demanda.

Conexão entre governo e empresas

O papel das empresas canadenses consiste em, regularmente, enviar relatórios para o governo, informando os planos para aberturas de vagas, crescimento, aposentadoria de funcionários etc. Através das próprias declarações de imposto de renda dessas empresas e dos empregados, o governo obtém informações sobre médias salariais e dados demográficos.

Essas informações se tornaram poderosas ferramentas para que as autoridades pudessem projetar alvos de crescimento e criar planejamento para atrair mão-de-obra qualificada de forma a manter o suprimento das necessidades do mercado de trabalho local.

Esse planejamento varia e tem intervalos que vão de dois à dez anos de intervalo, dependendo da receptividade

Essa incrível “máquina de produzir informações e planejar o futuro” vem alavancando o mercado de trabalho canadense e a economia canadense nos últimos 40 anos, a qual vem mostrando estabilidade, mesmo nas maiores crises econômicas mundiais das última década.

Vagas para estudantes internacionais em colleges e universidades ajudam a regular o mercado de trabalho canadense

Conhecendo o número de estudantes matriculados em cada área de formação profissional, a necessidade do mercado de trabalho em um futuro próximo, previamente informada pelas empresas, e a projeção de crescimento desejada, o governo canadense é capaz de saber quantas vagas em instituições de ensino superior, de cada área, podem ser abertas para estudantes internacionais do mundo inteiro. Dessa forma, consegue suprir as necessidades do mercado de trabalho em todas as ocupações, em intervalo de tempo hábil, atendendo ao plano de desenvolvimento estruturado.

Por outro lado, se detectar que o desemprego em alguma ocupação está acima de limites pré-estabelecidos como desejáveis, as autoridades passam a proibir a matrícula de estudantes internacionais nessas áreas específicas. Dessa forma, mantêm o fluxo de entrada de profissionais no mercado de trabalho dentro de limites saudáveis para a economia, priorizando a população local no preenchimento das vagas abertas.

Se você pensa em estudar no Canadá, veja alguns links que podem te interessar:

QUER ESTUDAR E TRABALHAR NO CANADÁ? ENTRE EM CONTATO, SEM COMPROMISSO! contato@canadaletsgo.com ou WhatsApp-nos: 11 98201.2347

Global Talent Stream, managers e Skilled Trades alimentam o mercado de trabalho canadense

Por ser um país com alto nível de escolaridade, muitas ocupações técnicas e vocacionais acabam por demandar mais profissionais do que o país é capaz de fornecer.

O programa Global Talent Stream  surgiu para atender a essa demanda. Candidatos com ocupações listadas no programa conseguem permissão de trabalho em até duas semanas, diferentemente das tradicionais 12 semanas.

Da mesma forma, ofertas de trabalho para profissionais classificados como Skilled Trades e determinadas ocupações de nível gerencial que sejam remuneradas ao menos 10% acima do salário médio local, também são contempladas com esse Work Permit acelerado.

Para todos os candidatos, é necessário verificar se, antes de solicitar o Work Permit, há necessidade de processar o LMIA da ocupação

Segue a lista de ocupações que estão enquadradas na categoria Skilled Trades:

Contractors and supervisors, electrical trades and telecommunications occupations
Contractors and supervisors, carpentry trades
Contractors and supervisors, other construction trades, installers, repairers and servicers
Carpenters
Contractors and supervisors, mechanic trades
Contractors and supervisors, heavy equipment operator crews
Supervisors, logging and forestry
Supervisors, mining and quarrying
Contractors and supervisors, oil and gas drilling services
Logging machinery operators
Agricultural service contractors, farm supervisors and specialized livestock workers
Supervisors, mineral and metal processing
Supervisors, petroleum, gas and chemical processing and utilities
Supervisors, plastic and rubber products manufacturing
Central control and process operators, mineral and metal processing
Power engineers and power systems operators
Water and waste treatment plant operators
Machinists and machining and tooling inspectors
Sheet metal workers
Structural metal and plate work fabricators and fitters
Ironworkers
Welders and related machine operators
Electricians (except industrial and power system)
Industrial electricians
Power system electricians
Electrical power line and cable workers
Telecommunications line and cable workers
Telecommunications installation and repair workers
Plumbers
Steamfitters, pipefitters and sprinkler system installers
Gas fitters
Construction millwrights and industrial mechanics
Heavy-duty equipment mechanics
Refrigeration and air conditioning mechanics
Railway carmen/women
Aircraft mechanics and aircraft inspectors
Elevator constructors and mechanics
Crane operators
Drillers and blasters– surface, mining, quarrying and construction
Water well drillers
Underground production and development miners
Oil and gas well drillers, servicers, testers and related workers
Petroleum, gas and chemical process operators

Programas Provinciais – PNPs

Os programas provinciais, também chamados PNPs, são outro exemplo de ações que o governo canadense vem tomando a fim se suprir as necessidades do mercado de trabalho de cada localidade.

Províncias divulgam em seus websites streams que privilegiam determinadas ocupações. Pessoas que preenchem os requisitos são encorajados a se cadastrar para, eventualmente, receberem um convite para residência permanente.

Não se trata de uma contratação direta por parte de um empregador, mas da oportunidade de ser convidado para ser residente permanente no Canadá pelo simples fato de se ter experiência de trabalho em uma ocupação em demanda na província.

O governo Federal já anunciou a intenção de criar programas municipais, para aumentar a velocidade de povoamento do país.

Ao receber um convite provincial, caso aceito, a pessoa e sua família se comprometem a viver naquela província por determinado número de anos. Espera-se que o mesmo aconteça, no caso dos programas municipais.

Trata-se de planejamento em caráter de médio prazo, uma vez que, emitido um convite, a mudança efetiva poderá demorar até um ano e meio para acontecer.

QUER SABER AS SUAS CHANCES DE VIVER NO CANADÁ? contato@canadaletsgo.com ou WhatsApp-nos: 11 98201.2347

O Labour Market Impact Assessment (LMIA)

Outra forma de controle do mercado de trabalho canadense é o Labour Market Impacto Assessment ou LMIA. Via de regra, se o empregador deseja contratar uma pessoa que não possua um Work Permit, estando ela dentro ou fora do Canadá, precisará passar por uma uma Avaliação de Impacto no Mercado de Trabalho.

Antes de contratar um estrangeiro sem permissão de trabalho, o empregador deve fornecer evidências de que tentou encontrar cidadãos canadenses qualificados ou residentes permanentes para preencher a vaga. Para isso, deverá ter divulgado a mesma vaga que está sendo oferecida ao estrangeiro no site de empregos do governo canadense, voltado apenas para residentes permanentes e cidadãos.

Uma vez tendo recebido currículos de candidatos internos, o empregador deve fazer uma triagem e entrevistá-los. Se, ainda assim, o candidato estrangeiro for melhor do que que todos os outros entrevistados, o empregador submeterá o pacote de informações para análise do governo canadense a fim de pleitear o LMIA positivo, autorizando a contratação.

Esse procedimento mantém o equilíbrio do mercado, impedindo que estrangeiros que estão fora do país sejam contratados em detrimento da mão-de-obra que já está disponível localmente.

Aprenda mais sobre o LMIA clicando no link Labour Market Impacto Assessment.

Convites para Residência Permanente

Para efeito de residência permanente via Express Entrycandidatos com oferta de trabalho em postos considerados senior managers recebem 200 pontos no CRS. Outras ofertas de trabalho em ocupações que exigem alguma espécie de formação técnica ou acadêmica recebem 50 pontos. 

Os candidatos não precisam aguardar a emissão da residência permanente, uma fez que já possuem uma job offer. Nesse caso, deverão entrar com uma solicitação de Work Permit para poderem ir apara o Canadá com a sua família e começar a trabalhar. O governo canadense se compromete processar os documentos da residência permanente pela via do Express Entry em até seis meses.

Você pode aprender sobre o sistema de imigração canadense e sobre o Express Entry clicando nos links.

Atenção às profissões regulamentadas no mercado de trabalho canadense

Assim como no Brasil, algumas profissões são regulamentadas no Canadá e, para exercê-las, é necessário realizar a validação da sua credencial.

Médicos, advogados, engenheiros, arquitetos, contadores, professores, dentre outras ocupações, precisam entrar em contato com o conselho regulamentador da profissão, no Canadá, e entender se será necessário fazer algum curso, prova, trabalho sob supervisão etc. As exigências variam de acordo com o grau de instrução e experiência do profissional. 

A probabilidade de um profissional que exerce uma ocupação regulamentada conseguir emprego em sua área de atuação a partir de seu país é próxima de zero.  Isso não significa vedação total ao trabalho. O profissional ficará proibido de trabalhar em uma ocupação que seja regulamentada, mas poderá trabalhar em outras da mesma área relacionadas que não sejam.

Perfil dos profissionais que interessam ao mercado de trabalho canadense

Você deve ter notado que, no início do nosso artigo, dissemos que “sim e não”, o Canadá precisa de trabalhadores internacionais. Isso porque há um perfil pessoal específico que descrevemos no artigo Perfil dos candidatos ao Canadá. Não deixe de ler a respeito.

Como podemos te ajudar?

Somos uma empresa que auxilia indivíduos e famílias a se mudarem para o Canadá, desde o planejamento até o settlement. Nossa expertise nos permite criar estratégias diferenciadas e guiar pessoas que irão trabalhar, estudar e/ou se candidatar à residência permanente no Canadá, por conta própria.

Conosco, você compreenderá todos passos da transição entre países e os aspectos desses processos. O objetivo é traçar um planejamento, criar um cronograma e conduzi-lo/a por cada etapa. Orientamos sobre custo de vida, educação, moradia, saúde, mercado de trabalho, saída fiscal do país e impostos (genericamente), e muito mais. Nossa assessoria possibilita uma transição mais suave e segura, aumentando a assertividade das decisões e mantendo a autonomia nas mãos do candidato.

Além disso, para aqueles que desejam estudar no Canadá, fazemos parte de uma plataforma com mais de 300 instituições de ensino, o que nos permite oferecer programas de estudo com PGWP exatamente dentro do seu perfil. Essa assessoria não terá custo para você.

Entre em contato conosco, sem compromisso, ou visite o nosso website oficial www.canadaletsgo.com.

Atenção: A Canada Let’s Go não é uma agência de empregos.

Clique aqui e faça o download gratuito do e-book sobre como fazer um currículo e lidar com as entrevistas no Canadá.

Disclaimer: As informações contidas nesse artigo foram extraídas do site oficial do governo canadense http://www.canada.ca. De tempos em tempos, o governo canadense faz alterações na lei de imigração, as quais podem ter ocorrido após a publicação desse artigo e, portanto, podem não ter sido atualizadas em nossa página. Antes de se comprometer com seus planos, faça a devida confirmação no site oficial ou entre em contato conosco. A Canada Let’s Go é uma empresa de assessoria em imigração e não uma consultoria.

Gostou do artigo? Deixe um comentário! Tem dúvida? Pergunte. Adoraremos responder!

Lila Kuhlmann é autora do livro “Let’s Go! Imigrando para o Canadá” e sócia-gerente da Canada Let’s Go, assessoria personalizada, do planejamento ao settlement, em programas de estudo, trabalho e imigração para o Canadá.

PENSANDO EM ESTUDAR, TRABALHAR OU VIVER PERMANENTEMENTE NO CANADÁ? Clique em contato@canadaletsgo.com  ou WhatsApp-nos: 11 98201.2347 . Se preferir, podemos entrar em contato. Deixe seu e-mail ou WhatsApp:

Trabalho no Canadá e emprego

Adoraremos ler o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: