Levando dinheiro para o Canadá (Parte 1)

Realizar uma transferência de dinheiro entre países pode ser extremamente oneroso, se levarmos em conta os impostos, taxas das operadoras, diferenças cambiais, custo de abertura e manutenção de conta.

A decisão de como proceder para levar o seu dinheiro para o Canadá pode se tornar uma dor de cabeça quando você descobrir o quanto perderá em impostos e taxas de transferência. Há uma infinidade de opções e algumas armadilhas que decidimos destrinchar para você.

Como esse é um tema complexo e há muitas variáveis, não há como escrever pouco. Então, nos decidimos por dividi-lo em duas partes: parte 1) As variáveis a se observar na busca por uma operadora mais eficiente e parte 2) As opções de transferência de dinheiro entre países.

Variáveis a se observar na busca por uma operadora mais eficiente

1. Custo total da transferência

O custo total da transferência costuma ser o principal fator para a tomada de decisão com relação à escolha da melhor opção. O problema é que as informações relativas ao custo estão, muitas vezes, embutidas no câmbio e em outras taxas e acabamos por não fazer a melhor escolha. Por exemplo: O valor do câmbio “turismo” nada mais é do que a adição de uma margem de lucro do operador à cotação comercial, aquela que é negociada na bolsa de valores. Então, o que você precisa perguntar?

  • Custo SWIFT ou seja, tarifas cobradas pela comunicação entre bancos de países diferentes. Entre em contato com ambos bancos, receptor e emissor, e pergunte esse custo.
  • Custo cambial. Pergunte ao operador emissor qual será a data do câmbio e quanto costuma ficar acima do valor oficial (que é o spread bancário). Se não quiserem informar, pergunte quanto seria EFETIVAMENTE cobrado nesse dia ou em um dia anterior e verifique o preço do dólar oficial. Entenda essa diferença percentual. Pergunte se esse percentual varia com o montante, pois pode se reduzir quanto maior for o envio.
  • IOF ou Imposto sobre operações financeiras. Pode variar de 0,32% a 6,38%, dependendo da modalidade de envio, titularidade das contas, objetivo do envio. Informe a finalidade da transferência, fale sobre a titularidade das contas remetente e destinatária e entenda essa porcentagem.
  • Taxas extras. Pergunte que outras taxas podem estar embutidas no custo.
  • Método de pagamento. Pergunte o custo de cada método de pagamento disponível. Em alguns casos, você pode até pagar a operadora com cartão de crédito, mas o custo certamente será maior.

2. Segurança

Não menos importante que o custo total, a segurança é fundamental. Fraudes, estelionato e roubo de dados são crimes financeiros típicos de transações com operadores ou pessoas desconhecidas. Você pode pensar: mas eu não entendo nada do mercado financeiro, como poderei reconhecer o risco? Aqui estão algumas dicas:

  • Evite transportar grandes quantias de dinheiro em espécie para a realização do negócio;
  • Somente negocie pessoas físicas ou jurídicas desconhecidas após fazer uma busca nas ações cíveis e criminais da empresa e dos sócios e pesquisar no Procon, Reclame aqui etc;
  • Tome cuidado dobrado promoções imperdíveis;
  • Certifique-se de que a operadora está regulamentada e autorizada pelo Banco Central.
  • Recolha o máximo de informações sobre a operadora com quem pretende realizar a transferência.

Estude no Canadá e aumente as suas chances de obter a residência permanente. Entre em contato!

3. Tempo de envio

Esse é um dos menores problemas quando estamos escolhendo uma operadora, pois basta se programar para fazer o envio na data certa. Porém, para isso, é importante que você se informe dos prazos declarados pelas operadoras após concluído todo o processo de documentação, contrato de câmbio e aprovação da transferência. Sem mencionar o horário em que você está enviando a remessa, por exemplo: o fuso-horário entre dois países por retardar a entrada do dinheiro quando o envio foi feito após o fechamento do operador destinatário. Isso postergará o envio.

4. Método de pagamento

O método de pagamento irá depender do agente de transferência que você escolheu: casa de câmbio, operadora on-line ou banco no qual é correntista.

Normalmente, transferências internacionais feitas por banco podem ser transferidas diretamente de sua conta corrente (por débito) ou por pagamento em espécie direto na agência bancária.

Agentes cambiais e plataformas de remessas on-line podem oferecer várias opções: pagamento via TED, boleto bancário e até cartão de crédito. Lembre-se que a forma de pagamento escolhida tem influência no valor a pagar pela transação.

Se você ficou interessado e quer saber o que nós pesquisamos, leia a segunda parte desse post em breve!

Leia mais artigos sobre o tema:

Veja como não ser duplamente tributado

Veja como fazer a saída fiscal do país

Levando dinheiro para o Canadá (parte 2)

Declaração de imposto de renda no Canadá

Disclaimer: As informações técnicas providas por esse website foram extraídas do site oficial do Canadá www.canada.ca e devem ser checadas, pois podem ter sofrido alterações desde a data de publicação. Elas não substituem o aconselhamento jurídico do seu advogado ou outro provedor profissional de serviços de imigração. Se você tiver alguma dúvida específica sobre qualquer questão jurídica, realize consulta com um provedor profissional de serviços jurídicos. Nada neste aviso legal limitará qualquer um de nossos passivos de qualquer maneira que não seja permitida pela lei aplicável ou excluirá qualquer um de nossos passivos que não possam ser excluídos pela lei aplicável.

Gostou do artigo? Deixe um comentário! Tem dúvida? Pergunte. Adoraremos responder!

Lila Kuhlmann é autora do livro “Let’s Go! Imigrando para o Canadá” e sócia-gerente da Canada Let’s Go, assessoria personalizada, do planejamento ao settlement, em programas de estudo, trabalho e imigração para o Canadá.

PENSANDO EM ESTUDAR, TRABALHAR OU VIVER PERMANENTEMENTE NO CANADÁ? Clique em contato@canadaletsgo.com  ou WhatsApp-nos: 11 98201.2347 . Se preferir, podemos entrar em contato. Deixe seu e-mail ou WhatsApp:

Adoraremos ler o seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Theme: Overlay by Kaira
2021 Powered by Canada Let's Go
%d blogueiros gostam disto: